quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Mixirica: o novo herói do ciclismo brasileiro

O brasileiro Marcelo Florentino Soares, ou simplesmente Mixirica, fez história ao cruzar à Rússia de bicicleta. Ele é pai da nossa aluna do 5º. ano
Clique na foto para ver outras fotos


Marcelo Florentino Soares, de 44 anos, mais conhecido pelo apelido de Mixirica, é o símbolo da garra do povo brasileiro. Em busca de um sonho, com fé, persistência e muita luta, ele foi lá e fez.

Ele é morador da nossa região, foi nosso aluno em 1993 e pai da  Marcela Maria Soares, aluna do 5º. ano A, foi para a Rússia e pedalou 9.287km.

Hoje ele esteve na escola para contar um pouco de sua experiência, da importância de acreditar no sonho e da luta para atingi-lo.



Clique aqui para saber mais sobre o Mixirica




sexta-feira, 22 de setembro de 2017

XXII Trapalhadas do Zaca - 2017

22 anos!!! Isso mesmo, já foram 22 anos pensando em fazer a diferença com os alunos através das Trapalhadas...

Uma ideia que está completando mais um ano, completando 22 anos, as Trapalhadas teve o objetivo de ajudar e ensinar nossos alunos de um modo diferente e divertido.

Os alunos estavam cheios de expectativas para as Trapalhadas deste ano. Aconteceram diversas oficinas. Alguns exemplos foram Tay Day (customização de camisetas), Escultura com Argila, Corpo e Movimento, Bijuterias, Futebol de Botão, Culinária Sustentável, Robótica e várias outras.

Todos acompanharam o trabalho realizados através das redes sociais, com fotos publicadas pelos alunos e professores. Nos comentários era possível notar o encantamento com as tarefas realizadas pela família do Zaca.

No final das oficinas todos estavam exaustos, mas satisfeitos com o trabalho realizado.


Já no sábado aconteceu a tão esperada exposição, com a participação da comunidade escolar, que ficaram encantados com trabalhos realizados por nossos alunos. Ficaram maravilhosos!!!

O maestro Moisés realizou a tradicional abertura das Trapalhadas com sua banda marcial. Durante a apresentação, a banda recebeu o troféu do Festival Estudantil de Música da DRE Campo Limpo.


Agora é esperar as próximas Trapalhadas. No ano que vem tem mais!!!

Acompanhe os próximos eventos nas redes sociais: 







Clique aqui para saber mais sobre a história das trapalhadas



Cobertura: Imprensa Jovem do Zaca
DRE - Campo Limpo








quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Trabalhos: Luiz Gama, Folclore e Descobrindo Novas Cores

Tivemos trabalhos foram destaques no mês de agosto. Falam de Luiz Gama, Folclore e As Cores com a turma do EJA

Alunos do trabalho sobre Luiz Gama
A Professora Luciana Lima desenvolveu um trabalho sobre Luiz Gama, onde os alunos pesquisaram sua vida e sua morte, que completava 135 anos. Os alunos fizeram as apresentações através de cartazes e com os slides, apresentado para outros professores e direção da escola.
"...o seminário do grupo do 5°. C da manhã, falando sobre a vida e obra de Luiz Gonzaga Pinto da Gama, que advogou em benefício dos negros escravizados" - Profa. Luciana.



O folclore foi explorado por diversas turmas. A professora Rosangela Souza Soares trabalhou com os alunos do 1º. ano, colorindo alguns personagem e produzindo um cartaz.



Trabalhando com o Folclore

Descobrir novas cores na vida, é bom em qualquer idade! Foi a trabalho realizado pela professora Solange Rodrigues, desenvolvendo a atividade com os alunos do 1º. ano e com os alunos com mais experiências, do EJA
Descobrindo novas cores






Clique para ver as fotos dos trabalhos:

Luiz Gama

Folclore

Descobrindo novas cores

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Os Espaços de Aprendizagem na Escola

Na escola todos os espaços são de aprendizagem... Os alunos do período da noite aproveitaram um momento raro no aquário da escola.


"Sobre espaços educativos, eles existem  nos olhares apaixonados dos educadores de excelência, podem acontecer nos corredores da escola, nas salas de aula, e até nos banheiros, mas aqui no Zacaria ele acontece primeiro dentro de nossos corações, por isso vai muito além do espaço físico. Aula sobre a fecundação dos peixes do aquário, Acará Bandeira."

Profa. Solange Rodrigues


sábado, 5 de agosto de 2017

O Esporte no Zaca

Nossos alunos conquistaram o direito de participar de eventos esportivos junto com escolas particulares de São Paulo



As equipes de esportes do Zaca estiveram disputando partidas com as escolas particulares de São Paulo. Tivemos resultados expressivos, mas a grande aprendizagem é saber respeitar a equipe adversária e a amizade conquistadas com as disputas.

Os jogos com as escolas particulares serviram para mostrar aos alunos uma realidade diferente e que eles tem a capacidade e qualidade para se equipararem com os alunos das boas escolas particulares. 

As equipes do Zaca receberam um convite para participar do torneio de futsal, organizado pelo Colégio Elvira Brandão. Os alunos tiveram uma resultado expressivo na quadra e também se destacaram na conduta, tanto os espaços da escola como no transporte.
Os diretores do colégio elogiaram a escola e as equipes do Zaca pelo bom exemplo e educação apresentado durante os jogos.

Os jogos aconteceram contra o Colégio Elvira Brandão e Colégio Guarapiranga.

Outros jogos aconteceram com a equipe da EE Monsenhor, que foi acompanhada pela Jaqueline (ex-aluna do Zaca).



Agradecemos os diretores e coordenadores que convidaram a equipe do Zaca.


Que venham novas partidas e novos campeonatos.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

XIII Colóquio da Escola Pública

XIII Colóquio da Escola Pública: A importância da escola para a construção do patrimônio do saber: o delineamento de uma trajetória de vida como consequência da escolaridade

Encontrar vários colegas que fizeram parte da vida de cada um, encontrar os velhos professores e funcionários da escola, voltar ao passado, pensar no presente e no futuro. Com a presença de vários ex-alunos, o Zaca realizou o XIII Colóquio da Escola Pública para discutir a importância da escola na construção do saber de cada um.

O colóquio deste ano, tinha como principal objetivo escutar os alunos que já saíram da escola, a suas sequências nos estudos e o que estavam fazendo de suas vidas.


Na primeira parte, os participantes reuniram-se em grupos para conversar um pouco e, em seguida, no pátio, fizeram um pequeno resumo sobre esta conversa. Veja no vídeo abaixo:



Em seguida, a mesa foi composta por ex-alunos que relataram sobre os momentos e a importância dos estudos e da escola Zacaria.

Dentre as diversas falas se destacaram as boas lembranças que tiveram durante o tempo que passaram a escola, que a relação que existe entre todos é harmoniosa e a preocupação de cada um em fazer o melhor para cada aluno, mas que muitos só percebiam disto após saírem da  escola.



Vejam os depoimentos:



Alice Fernandes (Aluna do EJA / 85 Anos)                          Alex (ex-aluno)
                
              Aline Magna Vieira (ex-aluna)               Bianca Guedes (ex-aluna)

Felipe Morais (ex-aluno)          Francisco Lucio De Lacerda (ex-aluno)

              Luan Nascimento (ex-aluno)                Niza Carolina Nunes (ex-aluna)

Rafael (ex-aluno)                     Renato Destro (ex-aluno)

             Weder Junior (ex-aluno)                          Yanne Mendonça (ex-aluna)




O ex-aluno Luan Nascimento escreveu um poema para homenagear o colóquio: 

Fábrica de gente

Se saudade matasse, 
Já estaria morto faz tempo. 
Uma saudade tenho desse lugar, 
Me tornei gente aqui dentro. 

Isso é mais que um lugar, 
Mais que um ambiente escolar. 
Aqui é diferente, 
Aqui é fábrica de gente. 

Onde o jardim é mais florido, 
Onde todo trabalho retorno se vê.
Onde tristeza é proibido, 
Não existe posição de professor ou aluno, todos tem o direito de pensar e dizer. 

Hoje, a diferença eu vejo, 
Deste lugar a outros comparado.
Voltar para aqui, é o meu desejo, 
Só que infelizmente, a minha vez já foi, ficou no passado. 

Mas pra quem fica, 
Um recado pra vocês:
é o que eu digo, valoriza, 
Pra não perder a sua vez. 

Escola que parece casa? 
Essa daqui é uma raridade. 
Onde você vai, todo mundo fala:
Essa escola aí, é a melhor dá cidade.

Se eu falasse todas as qualidades desta escola, 
Este poema não acabaria. 
Aqui, construí meus pensamentos, minha história, 
O nome desta escola é Zacaria.


Foi uma tarde de sábado com vários depoimentos que emocionaram a todos.


Cobertura: Imprensa Jovem do Zaca
DRE - Campo Limpo





segunda-feira, 3 de julho de 2017

Festa Junina do Zaca - 2017

Junho ... tempo de festas por todo o país, por todas as escolas ...  Festa Junina é esperada por todos...

No mês de junho existe uma grande expectativa com a Festa Junina do Zaca. Este ano não seria diferente. Bandeirinhas por toda a escola, ensaio para as danças e preparação para receber os convidados com muita alegria.

Nos dias que antecederam a festa as salas se esforçaram muito para ganhar a gincana de prendas, colaborando com diversos alimentos. Na festa junina.

Chegou o dia da festa (10 de junho), um dia lindo, com o sol brilhando durante o dia todo. As barracas enfeitadas e a meninada pronta para suas danças.

Diversas danças chamaram a atenção pela criatividade. A banda marcial da escola iniciou a apresentação com os músicos caracterizados para a festa. Com remix de alguns grupos ou apresentações resgatando algumas tradições da festa junina. Também tivermos a presença de um grupo de maracatu, que realizou uma linda apresentação.

Nas apresentações, os pais estavam com suas máquinas ou celulares registrando cada detalhe da dança.


As brincadeiras são esperadas por todos. E a contagem das sementes da abóbora. Todos queriam ganhar. A abóbora era gigantesca e, com ajuda de diversas pessoas, contaram 415 sementes.


Assim foi a Festa Junina do Zaca 2017, com diversas comidas e bebidas (estavam deliciosas!!!), muita brincadeira nas barracas e dança para todos os gostos.

Fica o agradecimento para todos os alunos, seus familiares, ex-alunos, a comunidade... Uma festa de sucesso com a presença de todos!


Agora, só no ano que vem. Esperamos por vocês!!


Cobertura: Imprensa Jovem do Zaca
DRE - Campo Limpo




quarta-feira, 7 de junho de 2017

OBMEP 2017 - Resultado da 1ª. fase

Resultado dos alunos que participaram da 13ª. OBMEP - Olimpíadas Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Particulares



Os alunos e alunas da nossa escola participaram da 13ª. OBMEP. 
Queimaram a "cuca"!!! Afinal fazer uma prova de matemática assusta muita gente, mas não assustou boa parte de nossos alunos que participaram e fizeram o melhor para se sair bem na prova.

Aqui estão os classificados para a 2ª. fase de olimpíada, que representará o Zaca no Brasil. Contamos com o empenho na próxima etapa. 

Você não conseguiu? Não fique triste!!! Em 2018 tem mais!!!

Os classificados são:

Nível I

Gemerson Piaui de Jesus
Giovanny Cesar Silva
Henrique Barreto Sales
Janaina Gomes dos Santos
João Guilherme de Oliveira Almeida
José Henrique Quarte
Kaio Rosa Teixeira
Mayara de Sousa Nascimento
Pedro Vinicius de Oliveira Mota
Raiane Carline de Lima Nascimento
Vinicius de Souza Vitoriano
Yara Sthefany da Silva Sodré

Nível II

Ana Beatriz Nascimento D. Soares
Arthur Lohan Rosa Lira
Bruna Alves dos Santos
Esdras Vieira Nascimento
José Marivaldo Silva
Júlia Silva do Carmo
Layslla Conceição Brito
Marcelo Santos Pereira Junior
Maria de Fátima Silva Santos
Matheus Moura da Silva
Melissa Santos Andrade
Vitoria Silva de Souza


sexta-feira, 19 de maio de 2017

Nossa Festa Junina está chegando!!!
Venham com sua família e seus amigos participar conosco.

Clique aqui e veja como foi a festa do ano passado

Esperamos por vocês!!!



sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

O Zaca nos corredores da Campus Party Brasil 2017

A Imprensa Jovem do Zaca começou o ano em grande estilo. Estivemos no Campus Party, um evento cheio de tecnologia com seus corredores iluminados de ideias... #CPBR10...

A Imprensa Jovem do Zaca passeou pelos corredores do 10º Campus Party Brasil e encontrou vários jovens, de diversas idades, compartilhando suas ideias e projetos.

Andando pelos corredores encontramos a Carol Marques, uma patrocinadora da empresa 123milhas. Ela estava participando pela primeira vez e estava achando tudo incrível. Nós perguntamos sobre a tecnologia e sua resposta foi que a tecnologia pode solucionar diversos problemas do nosso mundo. A Carol falou que tem uma vontade grande em programar e acredita que vai aprender.


Falamos também com o Felipe Marques, um dos campuseiros da Campus. Ele costuma tirar férias neste período e participar do evento. Nas madrugadas fica observando o desenvolvimento dos projetos e se divertindo.

Barracas dos Campuseiros
Um grupo de alunos de Ensino Médio, comandado pela aluna Wanessa Martins, criaram um projeto de robótica. Eles possuem uma equipe de futebol de robôs, programando os robôs e participando de campeonatos com alunos universitários. O grupo estava acampando no setor de barracas.

Já o Leonardo era um dos expositores de seu projeto, uma impressora 3D. Como as impressoras eram caras, ele teve a ideia de criar uma impressora pessoal. Foram 9 meses de pesquisas, testando, errando, mas em novembro de 2015 ele conseguiu. Ele foi convidado pela sua faculdade para o projeto e encubação, onde o projeto virou um produto. Participando da sua sexta Campus Party, Leonardo nos disse que, apesar da concorrência, o importante era a interação e o compartilhar com os colegas.
Youtubers no palco das Mídias Sociais




Enquanto em um dos palcos aconteceu uma palestra falando sobre os jogos virtuais, no outro Youtubers contavam sobre as Mídias Sociais.

Além de tudo isso, tinha os espaços de simuladores de jogos e realidade virtual, 9 palcos temáticos com diversos temas sendo abordados, 700 horas de conteúdo e mais de 80 mil visitantes.

A Imprensa Jovem do Zaca estava lá e fez o registro fotográfico de tudo que estava acontecendo.






A Campus Party Brasil 2017 foi assim... milhares de jovens conectados, ideias sensacionais, vontade de saber mais e ver o sucesso de cada um.



Cobertura: Imprensa Jovem do Zaca
DRE - Campo Limpo